sexta-feira, 1 de outubro de 2010

OS ATRAVESSADORES

Travessia, no arquipélago Fernando de Noronha, uma ilha tão pequena que poderia ser engolida por um tubarão, é a terra dos atravessadores, seres cujos corpos são feitos de fios os mais variados: alumínio, plástico, novelo de lã, arame, cobre, fios afetivos, e ainda linhas de desenhos.
Eles andam em bandos, e nunca sozinhos.
Não são seres individuais, mas coletivos.
Não há uma Carolina, mas carolinas.
E outros.
Os atravessadores se manifestam nas mais diferentes formas. Podem aparecer como humanos, animais, anjos, demônios, ou como os ETs de Varginha. Esses seres pensam, sentem, constroem mitos e filosofias, são poetas, e têm olho de recém nascido. O mundo que os cerca está pronto há milênios, mas em cada olhar, para eles, um mundo novo se revela.
Os Atravessadores surgiram primeiro em desenhos, artesanias e outras artes plásticas, as palavras e textos são posteriores.
Abaixo exibimos imagens da vida privada dos atravessadores, captadas pela câmera de um mergulhador.


Imagem publicada _
Da série: CASA de ESPELHOS

3 comentários:

  1. Os atravessadores existem, e insistem em retornar...
    Venha vê-los!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Bem vinda ao meu blog, parabéns pelo seu, espero que nos visitemos sempre. bjsss

    ResponderExcluir