sábado, 20 de novembro de 2010

Ou Isto ou Aquilo _ poema de Cecilia Meireles




Ou se tem chuva e não se tem sol
ou se tem sol e não se tem chuva!
Ou se calça a luva e não se põe o anel,
ou se põe o anel e não se calça a luva!
Quem sobe nos ares não fica no chão,
quem fica no chão não sobe nos ares.
É uma grande pena que não se possa
estar ao mesmo tempo em dois lugares!
Ou guardo o dinheiro e não compro o doce,
ou compro o doce e gasto o dinheiro.
Ou isto ou aquilo: ou isto ou aquilo . . .
e vivo escolhendo o dia inteiro!
Não sei se brinco, não sei se estudo,
se saio correndo ou fico tranqüilo.
Mas não consegui entender ainda
qual é melhor: se é isto ou aquilo.

4 comentários:

  1. O Atravessador que ilustra o poema, é simplesmente encantador, bem como seu animal de estimação

    Abraço grande

    ResponderExcluir
  2. Oi, querida,

    que delícia ter v. aqui!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Eliane,ler Cecília Meireles já é uma dádiva para quem gosta de coisas boas.Neste poema,ela nos mostra que sempre temos os dois lados da moeda,cabe a nós fazermos a escolha certa.Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Que tal!
    Que figuras más raras,
    esto les hace interesantes,
    no recuerdo haber visto algo así ;)

    ResponderExcluir