domingo, 26 de fevereiro de 2012

Pensando alto.


Será que não foi sempre assim? Homens e mulheres se apaixonam não apenas por uma pessoa, mas pela arte, por exemplo. Ou a ciência, ou por abraçar uma  multidão de famintos, seja a fome do corpo ou da alma.

A sociedade ocidental entre doenças e adoecimentos impõe a aposentadoria. E contraditoriamente também impõe a impossibilidade de morrer. Ou de envelhecer. Isto é real, não está apenas nos jornais, está nos hospitais, casas de repouso e por todo lado. Velhinhas que não estão mais neste mundo, esclerosadas, dementes senis, sofrendo não sabemos como, mas presenciamos horrorizados, com alimentação parietal, impedidas de morrer a morte digna que todos pedimos para nós mesmos.

Felizmente há quem possa envelhecer. Me lembro de Audrey Hepburn, aquela mulher linda de corpo e alma mesmo na velhice, doente, perto da morte. E aquela foto que correu  o mundo? Audrey doente, tendo nos braços uma criança africana em pele e ossos, que provavelmente fosse morrer de desnutrição.

Minha neta tem em seu quarto uma foto de Audrey Hepburn bem jovem e evanescente dançando com um galã. A menina de dezoito anos tem nela um ícone. E Fernanda Monte Negro? Ícones para mim também, entre outras e outros.

O que  há de perene nas pessoas? Haverá algo de perene em nós, homens e mulheres? Não há regras para envelhecer, como não as há para viver, mas cada um de nós sabe que podemos viver e envelhecer bem ou mal. Na arte não há regras, mas há a excelência da obra artística. A excelência que a torna sempre em devir, e atual.

Certamente  os botox e cirurgias perseguindo uma imagem “sempre” jovem, que pesadelo! O profeta Aldous Huksley previu  nosso momento histórico violento, em tantos sentidos. Nosso admirável mundo novo.

Que você, blogueiro, permaneça jovem envelhecendo, em devir, na excelência de sua arte e sua vida. Beijos e boa próxima semana

5 comentários:

  1. Na primeira vez que entrei no teu blog me deliciei lendo as tuas postagens e hoje gostei demais !!!Bem colocado !
    Obrigada pela visita e pelo comentário carinhoso... Um abração, Jane

    ResponderExcluir
  2. A mulher
    é a deusa mãe
    de toda criação.
    Única,
    distinta,
    completa,
    e a mais bela
    de todas criaturas...


    Poeta Francis Perot

    8 de março dia internacional da mulher...
    PARABÉNS

    ResponderExcluir
  3. Adorei conhecer seu blog. Sua postagem é maravilhosa, mostra um pouco a realidade de hoje.
    Vou seguir pra voltar novamente. Convido a conhecer meu blog, ficarei feliz com sua presença.

    Deixo um abraço!

    ResponderExcluir
  4. Eliane adorei a presença... Fiquei feliz por demais. Estarei sempre passando aqui pra uma visitinha.
    Beijos grande!"
    Ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  5. Es un placer pasar por tu bello espacio.
    feliz fin de semana.
    un abrazo.

    ResponderExcluir